enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Violência

Mulher taxista é agredida a socos por motorista de aplicativos em Curitiba

  • Por Eduardo Luiz Klisiewicz
Aniele Nascimento / Gazeta do Povo

Uma motorista de táxi de aproximadamente 50 anos foi agredida com socos e pontapés por um motorista de aplicativo na tarde desta sexta-feira (19) em plena Avenida Batel, uma das mais movimentadas e importantes de Curitiba. Segundo informações da União dos Taxistas de Curitiba (UTC), o caso aconteceu no início da tarde e revoltou toda categoria. A vítima do ataque ficou ferida e o agressor fugiu do local.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

“A taxista encostou ao lado do motorista de aplicativo, que estava parado nas vagas exclusivas para os táxis, e pediu para que ele saísse dali, já que pela lei, eles não podem usar essas vagas. Ele bateram boca e ela encostou o carro mais na frente. Quando ela saiu, o clima esquentou”, disse Paulo Toledo, presidente da UTC.

+ Leia mais: Van fica pendurada em muro e quase invade casa após acidente na Grande Curitiba

Quando começaram a discutir fora dos carros, o homem agrediu a taxista. “Eles sempre usam as vagas exclusivas para os táxis e volta e meia dá bate-boca. Mas esse covarde agrediu uma senhora de mais de 50 anos”, disse Toledo. A vítima foi ao 1° Distrito Policial, na Rua André de Barros, para registrar boletim de ocorrência.

O presidente da UTC lamentou as agressões e pediu para que os taxistas não ajam em represália. “Eu falo sempre para a classe agir com responsabilidade. Com certeza esse vai ficar entocado um tempo, pois todo mundo já sabe a placa. Mas se alguém avistar, recomendamos que avisem a polícia”.

+ Leia ainda: Gangue do hidrante não perdoa e deixa prejuízo por todo o Centro

A UTC pede mais rigor ao poder público municipal na fiscalização. Pela lei aprovada pelo prefeito Rafel Greca, os motoristas de aplicativos não podem parar para buscar ou deixar passageiros na área de embarque e desembarque dos taxistas. “A medida é cobrar do poder público que se cumpra a lei, o decreto do Greca. Os motoristas de aplicativos fazem isso diuturnamente para prejudicar taxistas, que já enfrentam problemas sociais”, concluiu.

Ainda não se sabe a identidade do motorista agressor.

Bêbado, motorista atropela e mata ciclista na Estrada da Ribeira

 

 

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

56 Comentários em "Mulher taxista é agredida a socos por motorista de aplicativos em Curitiba"


Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
23 dias 5 horas atrás

É o caminho inverso, no começo os taxistas é quem metiam a pohada nos carros de app, inclusive moeram alguns carros, agora os app cansaram de apanhar e tao dando o troco.!!! Kkkk

Douglas Hinz
Douglas Hinz
30 dias 11 horas atrás

Se em um texto está existe a palavra “taxista” leia e intérprete ao contrário que estará certo.

JOAQUIM  TEIXEIRA IRA
JOAQUIM TEIXEIRA IRA
30 dias 21 horas atrás

Quem quiser ficar bravo, dois trabalhos. A verdade é uma só. Só existe Uber porque os taxistas sempre exploraram, enganaram e maltrataram o povo desde sempre. Aqui e no mu do inteiro. Agora estão sofrendo as consequências. E a bola da vez é a TV aberta e a cabo.

Ricardo Teixeira
Ricardo Teixeira
1 mês 28 minutos atrás

Se houve a agressão deve ser responsabilizado.
Nas últimas semanas tem sido publicadas diversas matérias sobre o uso dos app de transporte em Curitiba, me parece que há um interesse de alguns “repórteres”, será que os taxistas esta “financiando” a Tribuna e a Banda B?

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
30 dias 22 horas atrás

do jeito que tem bandido travestido de ”preparado” nos taxis não duvide

Adriano Souza
Adriano Souza
1 mês 1 hora atrás

Acho que a história esta mal contada, e claro, se esse motorista agrediu esta taxista deve ser banido do aplicativo e responder judicialmente, mas tá cheirando a exagero essas agressões. considerando que o caso se passou no batel, câmeras de segurança certamente flagraram o ocorrido.

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas