As aulas presenciais da rede municipal de ensino continuam suspensas até 30 de setembro. O novo decreto, prorrogando o prazo que venceria na próxima segunda-feira (30), será publicado na próxima edição do Diário Oficial. As aulas estão suspensas desde 23 de março, em função do isolamento social imposto para o enfrentamento à pandemia de coronavírus. Esta é a sexta prorrogação do prazo.

LEIA AINDA – Curitiba registra 10 novas mortes e mais 471 casos de coronavírus nesta sexta-feira

Apesar de Curitiba completar já duas semanas sob bandeira amarela, com menos restrições de circulação, e ter apresentando queda no número de casos ativos de coronavírus, o poder público informa que o cenário epidemiológico não é favorável para o retorno.

LEIA MAIS – Paraná tem novo recorde de casos de coronavírus com mais 2,8 mil infectados

A rede municipal tem cerca de 40 mil crianças e estudantes matriculados em 185 escolas e 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), além dos 95 Centros de Educação Infantil (CEIs), que acompanham atividades remotas da Secretaria Municipal da Educação pela TV ou no Canal TV Escola Curitiba no YouTube.

As escolas particulares, por sua vez, permanecem fechadas por força de um decreto do governo estadual, que ainda não definiu a data de reabertura.