Apesar dos esclarecimentos do ex-diretor-presidente do DER, Paulinho Dalmaz, os deputados que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembléia Legislativa que investiga o pedágio, ainda tem dúvidas sobre o fluxo de caixa das concessionárias e sobre a relação de custos/ lucro das empresas. Para o presidente da CPI, deputado André Vargas (PT), ainda está sendo feito um esforço de entendimento das planilhas e dos contratos firmados. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)