Ainda sem seus principais jogadores, o Coritiba empatou por 0 x 0 com a Ponte Preta, esta tarde, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Com resultado, a equipe comandada por Antônio Lopes subiu para sete pontos na classificação. Já a Ponte Preta soma 11 pontos.

O primeiro tempo começou equilibrado, com muitas faltas e poucas chances reais de gol. O Coritiba teve uma boa oportunidade, aos 5 minutos, com Josafá, que tocou para fora, após um chute de André Nunes que o goleiro Lauro soltou.

O Alviverde paranaense, ainda desfalcado de seus principais jogadores de ataque, Luís Mário, Aristizábal e Tuta – forçava as jogadas com o lateral-direito Jucemar, mas a dupla de atacantes, formada por Josafá e André Nunes, levava pouco perigo ao gol da Macaca.

A Ponte Preta quase chegou ao primeiro gol, num de seus raros bons ataques. Aos 32 minutos, depois de um escanteio, Alexandre aproveitou um vacilo da zaga coxa-branca e chutou na trave.

A oportunidade criada animou a Macaca, que passou a pressionar, nos 15 minutos finais do primeiro tempo. Aos 38 minutos, Terrão bateu de longe, mas o goleiro Fernando, adiantado, fez defesa difícil, tocando para escanteio.

Aos 40, a Ponte chegou novamente, desta vez com Anselmo. Aproveitando outra falha da zaga, após um escanteio, o atacante chutou forte, mas Fernando salvou o Coxa mais uma vez.

O Coritiba voltou encolhido para o segundo tempo, atraindo a Ponte para perto de sua área. Com Flávio Guilherme no lugar de Alselmo, a Macaca melhorou a movimentação de seu ataque a passou a pressionar fortemente.

O Coxa voltou com Bruno no lugar de André Nunes, no ataque, mas continuou sem nenhum poder ofensivo.

O time paranaense praticamente assistiu a Macaca jogar na segunda etapa, permanecendo o tempo todo em seu próprio campo.

O time de Campinas, porém, apesar de buscar insistentemente o gol, não teve competência para marcar e quase foi castigado no final, quando Josafá, do Coxa, desperdiçou uma chance incrível: cara a cara com o goleiro Lauro, chutou para fora, aos 45 minutos. (Parana-Online com agência placar)