O candidato a deputado estadual professor Gaudino (PV) acaba de sair da audiência com o juiz eleitoral. Gaudino alega que não fez boca-de-urna e diz que se sentiu pressionado para fazer acordo com a justiça eleitoral. Ele foi liberado para votar nesse momento e deverá retornar ao centro de triagem da PUC-PR após votar.