Em votação simbólica, a Câmara dos Deputados rejeitou agora há pouco o projeto de lei que pretendia criar o Conselho Federal de Jornalismo. A rejeição ao projeto fez parte de recente negociação da base governista para desobstruir a pauta de votações da Câmara, que estava trancada desde o início de agosto por diversas Medidas Provisórias.

Após o resultado, o relator da matéria, o deputado Nelson Proença (PPS-RS), disse que "é preciso estar vigilante, porque fatos recorrentes podem acontecer", em referência ao que considera a possibilidade de que novos projetos para regulamentar a profissão de jornalista sejam apresentados no Congresso.