A atleta brasileira Keila da Silva Costa, de 23 anos, bateu o recorde Sul-americano na prova de salto triplo em pista coberta ao marcar 14,11 metros, nesta sexta-feira, pelo Campeonato Mundial Indoor de Atletismo disputado em Moscou, na Rússia.

Apesar do recorde, Keila ficou de fora da final da prova, pois só as quatro primeiras colocadas de cada bateria se classificavam. Na chave da brasileira, quem fez a melhor marca foi a atleta cubana Yargelis Savigne, que marcou 14,52 metros.

Nos 60 metros masculino em pista coberta, o atleta brasileiro Vicente de Lima conseguiu passar para a semifinal da modalidade, ao ficar em terceiro lugar em sua bateria, marcando o tempo de 6s73. Já o também brasileiro Raphael Raymundo De Oliveira ficou em quarto na sua série, com 6s88, e foi eliminado, pois só os três melhores de cada chave garantiam a classificação.

No feminino, Lucimar Aparecida de Moura conseguiu passar para a semifinal dos 60 metros. Mas, ao disputar a prova, ela ficou em último lugar na bateria, com o tempo de 7s72, e ficou de fora da final.

Já no salto em distância, o brasileiro Erivaldo Vieira cravou 7 88 metros e conseguiu uma das oito vagas para a final da modalidade. O outro brasileiro que disputou a prova, Rogério Bispo, saltou a 7,19 metros e não conseguiu ficar entre os oito melhores.