Rio – Policiais militares prenderam, na madrugada de ontem, dois pichadores, na Avenida Brasil, próximo à favela Baixa do Sapateiro, no Rio. Um terceiro, que conseguiu fugir, se entregou mais tarde à polícia. Eles foram flagrados pichando muros com palavras contra a Rede Globo. Os três estavam num carro que está à disposição de Mariel Mendes de Oliveira, assessor da Secretaria de Estado de Ação Social do Governo do Estado, sob a matrícula 890335/3. No carro, foram encontradas várias fichas de filiação do PMDB.

Nas pichações, espalhadas por diversos pontos da Avenida Brasil, estava escrito ?Globo é só mentira?.

Os pichadores foram identificados como David de Jesus de Albuquerque, Leonardo Bandeira de Melo e Jorge Pereira Ramos Filho, supervisor do Programa Jovens Pela Paz, matrícula 890174-6, que se entregou mais tarde. Assim que soube do fato, o secretário estadual de Infância e Juventude, Altineu Cortes, informou que Jorge Pereira foi exonerado do cargo.

Jorge Pereira disse em depoimento que tomou a decisão de pichar os muros ?por conta própria? porque queria defender o casal Rosinha e Anthony Garotinho de acusações feitas pela imprensa. Ele chamou os amigos por serem grafiteiros.