O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro entregou nesta terça-feira (12) para o ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a defesa do ministro do STJ Paulo Medina, suspeito de envolvimento num esquema de venda de decisões judiciais favoráveis a empresários do ramo de jogos de azar.

A defesa refere-se a um procedimento interno existente no STJ para analisar a situação de Medina. Almeida Castro não revelou os detalhes da defesa, alegando que o caso tramita em sigilo. Além desse procedimento, há um inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar as suspeitas de envolvimento de Medina e de outras pessoas no suposto esquema.