Brasília

– Em quatro horas após o término da votação no primeiro turno das eleições, dia 6, 90% dos votos para presidente estarão apurados, previu ontem o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Nelson Jobim. Jobim acredita que até à meia-noite do mesmo dia 100% dos votos estarão totalizados. Mas a previsão de técnicos do TSE é menos otimista: os votos para presidente estarão prontos só na madrugada do dia 7.

Até a meia-noite, acreditam, será possível conhecer 90% dos votos. O presidente do TSE lembrou que a apuração para presidente só começará a ser divulgada após o fim das eleições no Acre, às 19 horas, devido ao fuso horário, duas horas a menos.

Já a proclamação oficial do resultado deve demorar pelo menos três dias porque o TSE tem de conferir 5% das urnas do Distrito Federal e Sergipe e de mais 60 municípios onde o voto impresso será juntado ao eletrônico.

A repreensão à boca-de-urna nas eleições deste ano será para valer, prometeu ontem Jobim, ao anunciar que a vigilância será intensificada e reforçada por policiais militares à paisana em alguns Estados. As penas variam de seis meses a um ano e multas de R$ 5.300,00 a R$15.400,00.