O velho jargão de que crise também é sinal de oportunidade foi levada aos extremos por algumas empresas e empreendedores que vislumbraram em plena pandemia uma possibilidade de oferecer novos serviços ou ajustar antigas rotinas ao “novo normal”. Segundo pesquisa realizada pelo Sebrae, que analisou o impacto do coronavírus nos pequenos negócios, o vírus mudou o funcionamento de 5,3 milhões de pequenas empresas no Brasil, o que equivale a 31% do total.

LEIA MAIS – Seis dicas para manter o orçamento familiar em dia em plena pandemia

“A capacidade de se adaptar, de mudar, de transformar um negócio que você empreende para atender a esses desafios, não só a crise da Covid-19, mas às crises que os negócios sofrem em decorrência das muitas mudanças que o mundo vem sofrendo, é um dos pilares do comportamento empreendedor”, afirmou o consultor Renato Santos, administrador de empresas, empresário e palestrante, durante a live “Impacto do coronavírus: o que fazer?” transmitida pelo Sebrae, que discutiu a importância do comportamento empreendedor em tempo de crise.

Listamos abaixo algumas dessas empresas ou prestadores de serviços que tiveram ideias inovadoras para se adequar aos novos tempos.

Bem estar no home office

Até então tida como uma prática longe de se tornar realidade e vista até mesmo com certo preconceito por parte dos empresários, o home office tem sido aplicado de forma quase unânime nesta pandemia e para muitas empresas, o que era uma opção temporária, se tornou definitiva.

LEIA AINDA – 14 dicas para você economizar água e dinheiro na conta da Sanepar

Pensando neste novo público, o aplicativo BNYOU, que opera em todo o país, tem oferecido serviços corporativos de beleza e bem-estar em domicílio, com o suporte de cabeleireiros, barbeiros, massagistas, maquiadores, manicures, pedicures, entre outros.

Aplicativo BNYOU tem oferecido serviços corporativos de beleza e bem-estar em domicílio, com o suporte de cabeleireiros, barbeiros, massagistas, maquiadores, manicures e pedicures.

“O clima organizacional ganha muito quando a empresa se preocupa com o bem-estar dos colaboradores. Poder contribuir para manter a saúde e a autoestima, ainda mais durante a pandemia, é uma importante forma de motivação”, afirma Gabriella Garcia, sócia da empresa ao lado de Fábio Rigoni. “O protocolo sanitário é uma segurança para as empresas que nos contratam, já que existe um controle rígido da higienização para manter o colaborador tranquilo para receber o serviço em casa”, diz Fábio.

Câmara de desinfecção para condomínios

Com o fechamento do comércio físico, as compras pela internet tiveram um crescimento expressivo ao longo dos últimos quatro meses. O receio com a higienização dos pacotes e aos diversos contatos manuais que uma entrega em casa requer, fez com que a startup curitibana GMT Soluções apostasse em uma câmara de desinfecção com luz UV-C para pacotes, sacolas e embalagens que chegam pelos Correios, transportadoras e serviços de delivery.

Empresa criou uma câmara de desinfecção com luz UV-C para pacotes, sacolas e embalagens que chegam pelos Correios, transportadoras e serviços de delivery em condomínios.

O produto, voltado aos condomínios, usa a tecnologia de luz UV-C, que é capaz de dissociar moléculas e as informações genéticas do coronavírus, impedindo que ele se reproduza. “Queremos garantir aos moradores a sensação de segurança ao entrar em seu prédio, sabendo que suas compras e encomendas não serão o vetor de disseminação do novo coronavírus e outros que podem pegar carona no trânsito das mercadorias”, diz Will Batista, sócio da empresa.

VIU ESSA? Empresária curitibana que fez desabafo recebe ligação de Bolsonaro; assista

Hoje, existem no Brasil mais de 500 mil condomínios registrados, que são o grande foco da GMT Soluções. O sistema funciona de modo seguro e simples: o produto é inserido no interior da câmara e o processo de desinfecção leva 30 segundos. O funcionamento é similar a um micro-ondas. Ao fim do ciclo de descontaminação o produto pode ser retirado.

Desinfecção de ambientes em 8 minutos

A startup Bioguard desenvolveu uma máquina de desinfecção de ambientes que conclui o processo em apenas 8 minutos. A tecnologia auxilia na higienização de escolas, universidades, comércios, hospitais e transportes em poucos minutos e sem deixar o ambiente úmido. A medida pode ser aplicada em ambientes de vários tamanhos.

A tecnologia 100% nacional capaz de descontaminar rapidamente os espaços, eliminando os organismos vivos presentes no ar e nas superfícies dos objetos, incluindo fungos, bactérias e vírus.

LEIA MAIS – Prefeitura autoriza comércios de Curitiba a vender pela internet

Andre Tchernobilsky, CEO da BioGuard diz que a máquina, comercializada com o nome de BGtech-19, realiza uma aspersão atomizada de ar com sanitizantes diluídos em água de forma homogênea, possibilitando o preenchimento completo de um ambiente de maneira rápida e eficaz. A névoa é formada por gotículas, que são ainda ionizadas eletronicamente.

“Em um hospital, a limpeza manual leva até 60 minutos com duas pessoas por quarto fazendo a limpeza. Usando nosso equipamento esse tempo reduz mais de 50%. Em motéis garantimos a eficiência da higienização e rápida liberação dos quartos em minutos, que sem isso, leva até 1 hora”, diz o empresário.

Mercado dentro de casa

Outra startup que viu seu número de clientes se multiplicar rapidamente após a pandemia foi a curitibana Market4u, criada em 2019 com o objetivo de levar um mini-mercado para dentro dos condomínios.

A estrutura oferece uma variedade considerável de produtos, que vão desde higiene pessoal, alimentação, bebidas e produtos para o churrasco, incluindo várias opções de carnes. A operação para a compra do produto é feita de maneira totalmente remota pelo cliente via aplicativo, sem a intermediação ou qualquer contato com funcionários. Basta comprar pelo celular e retirar o produto.

LEIA AINDAFrustrado com Bolsonaro, dono do Seba’s Bar cobra ajuda a pequenos empresários

Os produtos ficam disponíveis 24 horas em um ambiente montado na área comum dos prédios e condomínios. Além de oferecer uma comodidade maior em tempo integral para as compras, o serviço evita que as pessoas precisem se deslocar grandes distâncias até os supermercados, reduzindo ainda o risco de contaminações causadas por aglomerações.

Monitoramento contra a Covid-19

O Grupo Idealit, empresa integradora de tecnologias da informação (TI), criou o Idealit Life Care, solução que aplica a inteligência de negócios para mapear e identificar a saúde dos colaboradores. A ferramenta será oferecida por meio de plataforma e aplicativo, que poderão ser utilizados por cada colaborador.

Na primeira fase, a principal funcionalidade será o monitoramento da Covid-19 entre os funcionários, mostrando indicadores de risco de infecção. Com base em informações diárias fornecidas pelos próprios colaboradores em um formulário de autodiagnóstico e um sistema de identificação via RFID, para a localização do usuário e captura da mobilidade, o sistema irá gerar relatórios com gráficos 360º e indicadores gerais e individuais, apontando o risco de infecção de acordo a aproximação dos funcionários.

LEIA TAMBÉM – Caso raro de vírus H1N2 no Paraná chama atenção da Organização Mundial da Saúde

O cruzamento de informações aponta um grau de risco de contaminação na empresa baseado em níveis de classificação estabelecidos pelo Ministério da Saúde. “É uma solução inovadora, que vai possibilitar a tomada de ações preventivas com agilidade, propiciando mais segurança com precisão de dados”, afirma Rodrigo Pereira, CEO do Grupo Idealit.

Caso haja um funcionário com sintomas suspeitos, por exemplo, o sistema emite uma notificação pessoal de alerta. Automaticamente, o mapeamento identifica pessoas que tiveram contato ou estiveram próximas a esse colaborador, gerando um protocolo para a tomada de ações preventivas, como a solicitação de exames e informações de saúde adicionais e até o afastamento do grupo de risco.

Segundo Pereira, o programa foi desenvolvido com foco em grandes empresas e indústrias de qualquer segmento, mas pode ser ajustado para instituições de médio porte, como escolas, por exemplo. “Também consideramos o novo cenário corporativo, que prevê a valorização do trabalho remoto, com mais pessoas trabalhando de casa ou com deslocamento reduzido”, afirma. Para isso, a base de dados do Idealit Life Care também monitora a saúde dos colaboradores que estejam atuando fora do ambiente da empresa, levando em conta a rotina desse grupo.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?