A Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Força Sindical e outras organizações sindicais realizarão na próxima quarta-feira dia 5, em Brasília, a 4ª Marcha da Classe Trabalhadora. A principal reivindicação é a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais.

As centrais pretendem reunir cerca de 30 mil pessoas durante a mobilização, que terá início às 7 horas e se estenderá até as 13 horas. Às 10 horas, segundo a CUT, uma marcha seguirá rumo à Esplanada dos Ministérios e ao Congresso Nacional. "Queremos entregar a pauta de reivindicações para alguns ministros e parlamentares, mas essas audiências ainda não estão confirmadas" afirmou Isaías Dalle, assessor de imprensa da CUT nacional.