Um bispo chileno se afastou voluntariamente de suas funções diante de acusações de comportamento sexual ?incompatível com sua missão?, anunciou hoje (01) o arcebispo de Santiago, cardeal Francisco Javier Errazuriz.

Segundo o cardeal, o monsenhor Francisco José Cox, de 68 anos  concordou em iniciar tratamento psiquiátrico e se isolar em um monastério na Colômbia. Cox era bispo da arquidiocese de La Serena, uma cidade a 500 quilômetros ao norte da capital chilena.

O cardeal não forneceu detalhes sobre a conduta imprópria de Cox, mas disse que os rumores que circulam na cidade sobre o religioso ?impossibilitaram seu trabalho?. Sublinhando que Cox se retirou voluntariamente, o cardeal adiantou que nenhuma acusação formal foi aberta contra ele.