O técnico Antônio Lopes, do Coritiba, negou ter sido convidado para dirigir o Vasco, nesta segunda-feira. ?Não houve sequer uma sondagem e só saio daqui se for mandado embora?, declarou à rádio Banda B. O ?delegado? ocuparia o lugar que pertence a Geninho no clube carioca.

Verdadeira ou falsa, a proposta tem antecedente histórico. Lopes, 62 anos, sempre é lembrado quando o Vasco vai mal na tabela (é o 20º colocado do Campeonato Brasileiro). Orientado pelo atual treinador do Coxa, o time da cruz-de-malta venceu uma Copa Libertadores da América (1998), um título brasileiro (1997) e dois cariocas (1982 e 1998).

Por ora, Lopes não ajuda o Vasco e tenta evitar que o Coxa caia para as últimas colocações. Hoje, o alviverde está em 18º lugar no Brasileiro, com sete pontos, e sem vencer há sete rodadas. (Ag. Placar)