Um tribunal de apelações holandês anulou nesta terça-feira a nomeação de Louis van Gaal para o cargo de diretor executivo do Ajax, o que foi uma vitória de Johan Cruyff na sua luta contra a presença de Van Gaal no clube. A decisão foi a última reviravolta em uma batalha entre Cruyff e outros quatro membros do conselho de administração do clube.

O Tribunal de Apelações de Amsterdã disse em sua decisão que os outros membros do conselho “deliberadamente afastaram Cruyff”, nomeando Van Gaal e outro diretor, Martin Sturkenboom, em novembro, sem consultar o ex-jogador. O Ajax indicou no seu site que o clube pode tentar reconduzir Van Gaal.

O advogado Peter Wakkie declarou que se o tribunal considerou que as nomeações de Van Gaal e Sturkenboom não foram feitas de acordo com as regras do clube, a equipe não descartou a possibilidade de fazê-lo novamente, mas adotando os procedimentos corretos.

Van Gaal dirigiu o Ajax na conquista do título da Liga dos Campeões da Europa de 1995, mas se desentendeu com Cruyff durante sua passagem pelo Barcelona. Cruyff iniciou a sua carreira no Ajax e continua a ser influente no clube, após tê-lo ajudado a se tornar uma potência europeia na década de 1970. Atual campeão nacional, o Ajax está apenas em sexto lugar no Campeonato Holandês nesta temporada.