enkontra.com
Fechar busca

De Letra

STJD defende jogos só com mulheres e crianças

“Essa ideia já foi testada com sucesso na Suécia”, disse procurador-geral

O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, defendeu nesta segunda-feira que o Brasil adote como medida punitiva aos clubes que tiverem briga de torcida nos estádios a proibição da presença de homens adultos nas arquibancadas.

“Mulheres e crianças nos estádios é uma ideia interessante, que já foi testada com sucesso na Turquia”, comentou Schmitt, em entrevista ao SporTV. No país europeu, chamou atenção especialmente um jogo do Fenerbahce, em 2011, em que a equipe, na época com Alex no time, atraiu mais de 40 mil mulheres e crianças a um único jogo.

Schmitt também defendeu a realização de jogos sem torcida, possibilidade que não existe no Regulamento Geral de Competições de 2013 da CBF, mas que foi incluída na legislação válida para os campeonatos nacionais do ano que vem, divulgada na última sexta-feira. Para o procurador geral do STJD, seria uma forma de punir clubes e organizadas no bolso.

“Insisto na possibilidade de ausência de público porque incentiva atacar o lado financeiro. Isso é importante para lidar com a bandidagem, que vem usando o futebol ilicitamente no aspecto econômico. Quando você fecha o estádio, não há transação de souvenir, brindes e ingressos, que é o que sustenta a organizada”, lembrou Schmitt.

O procurador geral ainda cobrou que outras esferas façam sua parte para tentar acabar com a violência nos estádio. “Tem que cobrar do governo federal, prisão, controle de acesso. CBF, governo federal, todos têm que fazer alguma coisa. Está faltando esse componente que é auxiliar. Temos muito o que fazer ainda. A punição no STJD, pelo estatuto do torcedor, está restrita ao clube.”

Confira a galeria de fotos e ajude a identificar os torcedores-marginais envolvidos na confusão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

14 Comentários em "STJD defende jogos só com mulheres e crianças"


José Maia
José Maia
5 anos 2 meses atrás

O Vasco era o grande interessado que a partida fosse suspensa por brigas entre torcidas, com isso os pontos iriam para eles e se livrariam do rebaixamento. Para o Atletico ainda ficaria na mesma colocação na Libertadores. Por pouco não conseguiram.

Evelyn Mello
Evelyn Mello
5 anos 2 meses atrás

Jogo voltou após 73 minutos de paralisação; regulamento da CBF prevê apenas 60. E agora Paulo Schmitt. Art 21 do Campeonato Brasileiro.

Rogerio Couto Pereira
Rogerio Couto Pereira
5 anos 2 meses atrás

E mais os capengas tem perucas e maquiagem, vão passar na Getulio antes de irem pro estadio e enganar a Policia Militar.

Rogerio Couto Pereira
Rogerio Couto Pereira
5 anos 2 meses atrás

A Torcida do Atletico já é AFEMINADA por favor poupem as crianças.

MARCELO BIANCHINNY
MARCELO BIANCHINNY
5 anos 2 meses atrás

Como é o timinho dele que está na reta, agora qué propor punição com pessoas no estádio? procurador de mierda!!!! Cade a punição exemplar otáriooooo???

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas