A ex-atleta americana Marion Jones saberá, em corte federal de Nova York, quanto tempo ficará na prisão. Em outubro, Jones se declarou culpada de mentir sobre o uso de esteróides e o envolvimento do ex-recordista mundial dos 100 m Tim Montgomery em outra fraude. Acordo com a promotoria prevê pena máxima de 6 meses, mas o juiz considera aumentar o tempo.