Hamburgo – Flávio Saretta busca hoje uma vaga inédita nas oitavas de final de um torneio da categoria de um Masters Series, como em Hamburgo. E parece que a sorte está ao seu lado. Vai enfrentar o espanhol Oscar Hernandez, número 93 do ranking mundial e que veio do qualifying. Já na primeira rodada, o tenista brasileiro teve pela frente o alemão Maximilian Abel, apenas o número 411 do mundo e que só jogou o torneio graças a um wild card (convite) da organização.

Agora, Saretta pega um adversário de maior experiência, mas que este ano teve como melhor campanha apenas as quartas-de-final de um torneio da categoria challenger, em Acapulco. Em Hamburgo, Hernandez chega à segunda rodada favorecido pela desistência de seu adversário, o holandês Sjeng Schalken, que desistiu do jogo por lesão, depois de estar perdendo por 5 a 1. O tenista espanhol é conhecido dos brasileiros pelo fato de quase ter eliminado Gustavo Kuerten na primeira rodada do Brasil Open. Fez um jogo muito equilibrado, com Guga só assegurando a vitória no terceiro set.

Além do jogo de Saretta, a rodada de hoje promete ser emocionante, com bons jogos como Roger Federer x Nicolas Lapentti, Tim Henman x Andrei Pavel e Lleyton Hewitt contra o local Tommy Haas. Ontem, a torcida alemã já fez um grande teste de resistência. A uma temperatura fria, em torno dos 10 graus centígrados, acompanhou por mais de três horas o duelo entre o melhor tenista da Alemanha atualmente, Rainer Schuettler, que foi eliminado pelo seu parceiro de treinamentos, o também alemão Lars Burgsmuller por 6/4, 6/7 (7/5) e 6/4. E num jogo realmente bonito, destes de fazer o público aplaudir com intensidade, Roger Federer superou o argentino Gaston Gaudio por 6/1, 5/7 e 6/4. Em outra partida do dia, Lleyton Hewitt passou pelo sueco Jonas Bjorkman por 6/0 e 7/6 (7/5).