O técnico Allan Aal, do Paraná, não quer ver o grupo deslumbrado com a liderança provisória na Série B do Campeonato Brasileiro. O Tricolor venceu o Juventude, de virada, por 3 a 1, nesta sexta-feira (14), na Vila Capanema. Invicto, o time paranista soma um empate e duas vitórias, com sete pontos.

No complemento da terceira rodada, o Cuiabá, pode assumir a posição. Para isso, precisará vencer o CSA e passar o saldo de três gols do time paranista. “Temos que ter equilíbrio emocional. Não podemos nos empolgar, mas ao mesmo tempo devemos valorizar o que vem sendo feito”, falou às Rádios Transamérica e Banda B após o jogo.

>> Blog do Cristian: Andrey ‘renasce’ no melhor jogo do Paraná no ano

Já pensando no próximo compromisso contra o Guarani, na terça-feira (18), em Campinas, Aal avalia que o Paraná passa, com a invencibilidade até aqui, a ser uma espécie de alvo dos outros times da Segundona. Por isso, a equipe precisa manter o atual rendimento para seguir brigando pelo acesso À Série A.

“É uma pressão positiva! O difícil é quando se está brigando na parte de baixo. Não podemos relaxar em momento nenhum, todo jogo é decisão e o mais importante é o próximo”, finalizou.

+ Mais do Tricolor:

+ Paraná confirma negociação de volante com o futebol europeu
+ Corinthians pede retorno de Mosquito e atacante deixa o Paraná


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?