A negociação de Neto, apenas 21 anos,confirmada na sexta-feira passada, coloca o Atlético na elite em criação de goleiros. Mais frescas na memória estão as saída de Vinícius e Guilherme. Na lista ainda pode entrar Galatto, jogador trazido do Grêmio, mas que também rendeu bons frutos ao Furacão.

Agora, com uma geração para 10 anos, contando os jogadores das categorias de base, o Atlético não precisará correr atrás de um goleiro nas próximas temporadas. Um bom exemplo é o trio que defenderá a equipe este ano. A diretoria, assim como fez com Neto, aposta novamente nos prata da casa. João Carlos, Renan Rocha e Santos serão os guardiões da meta atleticana.

O presidente Marcos Malucelli comemora a”marca” conseguida e brinca que a geração pode durar menos de 10 anos. “Hoje temos esta marca já registrada. E mais: os meninos juniores que estão aí talvez nem fiquem por 10 anos. Vemos isso pelo Neto, que era para ficar três, quatro anos e em apenas um deixou o Atlético. A lista vai encurtando e temos que preparar outros. Mas a negociação do Neto foi muito boa. Tinha de ser feita”, explica o presidente.

<Noticias Relacionadas>

Para continuar investindo em novos talentos, o Atlético adota uma nova política que tem dado resultados. Malucelli acredita que a postura mantida poderá gerar muitos outros jovens talentos. “Temos uma escolinha de goleiros. Isso é importante. De 30 inscritos, tiramos dois, três, mas continuamos a linha de produção”, acrescentou.

Camisa 1

O presidente atleticano também enfatizou que o goleiro João Carlos herdará a camisa 1 que era de Neto. “O João Carlos era o reserva imediato do Neto e não precisamos trazer outro jogador para a posição. Temos confiança no João Carlos que também é um grande goleiro”, destacou Malucelli. O preparador de goleiros, Marco Aurélio Tedeschi reforça a opção do dirigente. “Quando se coloca um jogador jovem, principalmente na função goleiro, sempre há desconfiança porte parte da torcida, dos cronistas, mas acredito muito no potencial do João. Ele vai suprir a saída do Neto com maestria”, destacou.