Rafael Nadal enfrentou seu rival mais complicado em Roland Garros, neste sábado, mas não deu chance para “zebra”. Sem sobressaltos, o espanhol dominou o argentino Leonardo Mayer e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 7/5 e 6/2, em 2h17min de confronto.

Nas oitavas de final, o número 1 do mundo vai enfrentar o sérvio Dusan Lajovic, 83º do ranking. Os dois tenistas nunca se enfrentaram no circuito profissional. Lajovic avançou na chave ao derrotar o norte-americano Jack Sock por 6/4, 7/5 e 6/3, na terceira rodada.

Mesmo seguindo sem perder sets no saibro de Paris, Nadal oscilou neste sábado e contou com a ansiedade de Mayer para vencer com certa tranquilidade. O argentino falhou em momentos importantes da partida e acumulou 36 erros não forçados em toda a partida. Preciso, o espanhol mostrou consistência no fundo da quadra e falhou apenas em 10 pontos.

Com suas 29 bolas vencedoras, o líder do ranking reduziu o impacto das investidas do rival. Mayer conseguiu quebrar o saque de Nadal duas vezes, no segundo e terceiro sets. Em ambos os momentos, empatou o placar. No entanto, não manteve o ritmo e viu o espanhol abrir nova vantagem até fechar as parciais. Ao todo, Nadal obteve sete quebras.

Ele não foi o único espanhol a garantiu lugar nas oitavas de final neste sábado. Antes de Nadal, David Ferrer superou o italiano Andreas Seppi por 6/2, 7/6 (7/2) e 6/3. Seu próximo adversário será o sul-africano Kevin Anderson, que contou com o abandono do croata Ivo Karlovic para avançar. Karlovic desistiu quando perdia por 6/3.

Marcel Granollers, também da Espanha, assegurou vaga nas oitavas ao superar o eslovaco Martin Klizan por 6/7 (5/7), 6/2, 7/6 (7/4) e 7/5. Ele agora vai encarar o canadense Milos Raonic. Se vencer, poderá cruzar com o sérvio Novak Djokovic, um dos favoritos ao título, nas quartas.