O Londrina poderia estar em melhor situação na briga contra o Prudentópolis por uma vaga na Copa do Brasil de 2004. No campo do adversário, o Tubarão vencia por 1 a 0, com um jogador a mais, até os 39 minutos do segundo tempo, quando Alê Menezes empatou a partida. O 1 a 1, no entanto, ainda mantém com o clube do Norte a vantagem do empate no jogo de volta, quinta-feira em Londrina, às 20h30.

A partida foi tímida em lances de ataque no primeiro tempo. O Prudentópolis, que via no fato de atuar em casa a obrigação de ganhar, aparentou nervosismo. O time fez muitas faltas, algumas desnecessárias, como a que resultou no gol do Londrina, aos 39 minutos. A cobrança perfeita de Júnior Gaúcho surpreendeu até os jogadores do Tubarão, que esperavam a bola para o cabeceio. Além de fazer o 1 a 0, o volante improvisado na lateral-direita – o titular Jamur foi expulso contra o Coritiba – mandou uma bola na trave.

Depois do intervalo, o visitante ficou mais recuado, ficando o Prudentópolis com a posse de bola por mais tempo. O meia Felipe criou boas jogadas, mas mal continuadas pelo ataque. Aos 21, a torcida local festejou um gol, logo anulado, porque Clóvis fez falta no goleiro Marcelo. Aos 33, o Leão da Serra ficou com um jogador a menos: Marcão foi expulso por ter agredido Márcio Alan. O Tubarão não soube aproveitar a vantagem de onze contra e dez: aos 40, Alê Menezes, num chute de fora da área, empatou o jogo.

Prudentópolis 1 x 1 Londrina.

Local:Newton Agibert, em Prudentópolis. Árbitro:Gérson Antônio Baluta. Gols:Júnior Gaúcho, 39 do 1.º; Alê Menezes, 40 do 2.º tempo. Expulsões:Marcão (P). Cartões amarelos: Torres, Biro-Biro, Paraguaio, Rocha, Juliano, Deivid e Marcão (P) Marcão (P). Cartões amarelos:Torres, Biro-Biro, Paraguaio, Rocha, Juliano, Deivid e Marcão (P)Prudentópolis:Giovani; Torres (Washington), Marcão, Deivid e Ricardinho; Juliano (Márcio, depois Rangel), Clóvis, Felipe e Sandrinho; Alê Menezes e Biro-Biro. Técnico:Sérgio Moura

Londrina:Marcelo; Júnior Gaúcho, Marcão, Dé e Fabinho; Márcio Santos, Rocha, Márcio Alan (Marquinhos Guarapuava) e Valdeir; Paraguaio (Zaltron) e Marcelo Silva (Fábio Zeni). Técnico:Roberto Fernandes.