Os resultados da quarta rodada do 35.º Campeonato Paranaense de Futebol de Pelada, o “Peladão/Tribuna do Paraná”, não apresentaram nenhuma surpresa, com os times mais tradicionais colhendo resultados expressivos e muitos dos estreantes mostrando excelente serviço, alguns, até, já pintando entre os favoritos.

A rigor, uma única surpresa, se é que pode ser dada como surpresa, que foi a inexplicável ausência da equipe do ABC/Associação Borda do Campo/Distribuidora Absinto, campeão do ano passado da categoria Juvenil. Mais tarde, atletas e dirigentes da equipe informaram à Comissão de Campo que o WO tomado foi pelo fato do dirigente responsável pelas “carteiras de atletas” não ter comparecido a campo! Tudo indica que ainda hoje o time entrará com recurso junto ao Tribunal Especial de Justiça Desportiva.

Na análise da rodada, duas grandes goleadas, uma disparada pela equipe do REC/Recanto Esportivo Colônia, que venceu o Corisquinho Futebol Clube por 8×3, e outra da Associação Atlética Posto Paris, que derrotou o Cajuru Futebol Clube pelo marcador de 5×2.

Infelizmente, uma expulsão, o que é de lamentar, da categoria Juvenil, com o atleta Robert, do REC/Recanto Esportivo Colônia, sendo alijado da partida que sustentava frente ao Águia de Ouro, por agressão a atleta adversário.

Jogos que apresentaram elevado nível técnico e muitas emoções: na categoria Juvenil -Vila Lorena/Bela Vista 4×2 Golden Boy?s, Águia de Ouro FC 5×4 REC/Recanto Esportivo Colônia, e Real Vila Camargo 2×2 Sport Clube Umbará. Na categoria Universitária/Vestibulandos – Fênix Futebol Clube 2×1 Pourer?s FC, e O Que Vale é a Diversão 2×0 Metalúrgica Bosch/Direito PUC. Na série Infantil – REC/Recanto Esportivo Colônia “A” 3×2 River Esporte Clube, e Vila Lorena/Bela Vista 0x0 Águia de Ouro FC.

Na sabatina foram realizados 11 dos 12 jogos que estavam programados, foram marcados 56 gols, com média de 5,09 tentos por partida. Um WO, com o não-comparecimento da esquadra do ABC/Distribuidora Absinto, da categoria Juvenil. Um único jogador foi expulso, o atleta Robert, do REC/Recanto Esportivo Colônia.

Todo e qualquer recurso quanto a irregularidades, arbitragens, resultados, e principalmente de WO, deve ser endereçado ao presidente do Tribunal Especial de Justiça Desportiva, dr. Boleslau Sliviany, devidamente protocolado o mais tardar até as 18h de hoje na Rua Carlos de Carvalho, 2419, recolhidas as taxas previstas em regulamento, sem o que a petição não terá valia.