O Goiás derrotou o Santo André por 2 a 1, de virada, neste domingo, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, e alcançou a terceira posição da tabela do Campeonato Brasileiro. Os goianos chegaram a sua quinta vitória seguida e somam agora 29 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras.

Já o Santo André, cujo estádio está em reforma, acumulou a quarta derrota consecutiva, justamente na estreia do técnico Alexandre Gallo, substituto de Sérgio Guedes. O time paulista tem 18 pontos e ocupa a 14ª colocação da tabela.

Os gols do jogo deste domingo saíram somente no segundo tempo. Após uma primeira etapa equilibrada, o Santo André voltou mais ofensivo depois do intervalo e abriu o placar com Pablo Escobar, aos 21 minutos, aproveitando rebote de Harlei. O boliviano estava em posição de impedimento na primeira finalização.

Logo depois, aos 33 minutos, Iarley aproveitou cruzamento de Júlio César e completou de carrinho, por baixo do goleiro Neneca. O lateral ainda garantiu a vitória aos 47 minutos, quando recebeu lançamento pelo lado esquerdo e tocou na saída de Neneca.

Agora o embalado Goiás receberá o Flamengo, em Goiânia, na quarta-feira, enquanto o Santo André vai tentar acabar com a má fase no mesmo dia, diante do Avaí, em Florianópolis.

Ficha Técnica:

Santo André 1 x 2 Goiás

Santo André – Neneca; Rômulo, Cesinha, Marcel e Arthur (Júnior Dutra); Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca (Dionísio) e Élvis; Rodrigo Fabri (Pablo Escobar) e Nunes. Técnico: Alexandre Gallo.

Goiás – Harlei; Ernando, João Paulo e Rafael Tolói; Douglas, Amaral, Fernando (Gomes), Felipe Menezes (Raúl) e Júlio César; Zé Carlos (Bruno Meneghel) e Iarley. Técnico: Hélio dos Anjos.

Gols – Pablo Escobar, aos 21, Iarley, aos 33, e Júlio César, aos 47 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Fernando (Santo André); Iarley, João Paulo e Douglas (Goiás).

Árbitro – Wagner Tardelli Azevedo (SC).

Renda – Não disponível.

Público – 847 pagantes.

Local – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).