Vamos às notas do Athletico na derrota por 2×1 para o Grêmio neste domingo (25), na Arena da Baixada, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Athletico

Santos: Ficou vendido com os erros da defesa – 6,5.

Erick: Na lateral-direita, é apenas um jogador comum. Perdeu os duelos com Luiz Fernando e Pepê – 5.

Pedro Henrique: Vinha jogando bem até sair lesionado – 6,5. Lucas Halter o substituiu por pouco tempo – sem nota.

Thiago Heleno: Um lançamento espetacular no gol do Athletico, mas duas falhas na virada do Grêmio – 5.

Abner: Discretíssimo, pouco apoiou – 5,5.

Wellington: O jogo burocrático de sempre – 5,5. Richard entrou e seguiu o ritmo – 5,5.

Christian: Era quem dava mais ritmo ao Athletico, mas sofreu com os erros de passe – 6.

Lucho González: Como principal articulador, não deu velocidade ao time – 5. Jorginho o substituiu e não jogou – 5.

Nikão: É quem pode decidir no Furacão. Bem no primeiro tempo, muito marcado no segundo – 6,5.

Carlos Eduardo: Fez um golaço – 6,5. Fabinho entrou e não contribuiu – 5.

Renato Kayzer: Não fez um bom jogo. Teve poucas chances e as desperdiçou – 5,5. Saiu para a entrada de Walter, que teve sete minutos – sem nota.

Paulo Autuori e Bernardo Franco: A improvisação na lateral-direita e os problemas de posicionamento da zaga foram decisivas na derrota – 5.

Grêmio

Tem um time reserva razoável, mas só venceu porque Pepê entrou no intervalo. O menino está jogando tudo.