Fora do jogo contra o Flamengo na última rodada para cumprir suspensão, o atacante Marcelinho se diz confiante com o seu retorno no sábado, para encarar o Náutico fora de casa. Ao lado de seus companheiros, o artilheiro espera que o grupo mantenha as boas atuações que teve contra o Internacional e o rubro-negro carioca.

“Sempre precisamos da vitória e cada jogo é uma história. Viemos de um bom resultado, mas isso já é passado. Agora vamos pensar só no Náutico, sabemos que teremos dificuldades, mas estou confiante. A equipe teve uma semana muito boa”, afirmou.

E as lembranças contra o Timbu são boas. “Pelo Flamengo consegui marcar gol, quem sabe agora com o Coritiba eu possa marcar de novo e ajudar a equipe a conquistar os três pontos”.

Sem três titulares, o Coritiba entrou em campo no domingo passado e conquistou o placar mais elástico do Brasileiro até agora. Para Marcelinho, essa é uma ótima fase que todos os atletas passam e assim podem mostrar suas qualidades, não importando quem está em campo. “Os jogadores que estão entrando têm chances de permanecer na equipe. A partida contra o Flamengo provou isso. O Renatinho veio muito bem e ganhou a confiança do treinador, e por isso vai entrar contra o Náutico de primeira. A gente tem que dar confiança para o grupo, que vem crescendo todo dia”, disse, e complementou, “A gente tem condições de ganhar de qualquer equipe”.

Mas, como capitão e artilheiro da equipe, o camisa 9 não quer ficar de fora mais uma vez. “Por tudo o que venho fazendo, pelos gols que venho marcando, por ser capitão da equipe, sei da minha responsabilidade e da importância que tenho para o grupo. Estou muito feliz. No jogo contra o Flamengo eu estive fora, mas fiquei na arquibancada com minha família e vibrei muito. O grupo está de parabéns e mostrou que jogadores que saem e entram têm condições de representar bem. Agora estou de volta, descansado, treinando há uma semana, e, se Deus quiser, vou voltar a fazer gols e ajudar o Coritiba”.