Desde o início do mês, os jogadores do Coritiba estão realizando treinos em home office, sob orientação do departamento de fisioterapia do clube. Porém, mesmo com atividades individuais e sem a mesma intensidade do dia a dia, cinco jogadores sentiram dores e estão em tratamento com o departamento médico.

O Coxa não revelou os nomes dos atletas que sentiram o desgaste. Os cinco estiveram no CT da Graciosa na última quinta-feira (21) para serem avaliados. Segundo o clube, o desconforto pode ter sido ocasionado por treinos fora dos padrões adequados.

Segundo o fisiologista do Alviverde, Luiz Novack, devido a todo o tempo de paralisação do futebol, os jogadores perderam muito a condição física, o que interfere nessa retomada dos treinos.

“Ocorreu a redução dos indicadores morfológicos e de força dos atletas. Os treinamentos on-line melhoraram a condição física dos atletas, porém discretamente”, disse Luiz Novack, em entrevista ao site oficial coxa-branca.

+ Testes dos jogadores do Coxa para o coronavírus dão negativo

Ele ainda lembrou que o Campeonato Alemão voltou no último final de semana e apresentou oito jogadores lesionados, em virtude do curto tempo entre treinamentos no campo e o retorno das partidas.

“Pode trazer algumas consequências de um retorno precoce. Como exemplo a Bundesliga teve oito lesionados na primeira rodada após o retorno. Vale ressaltar que a Liga optou em fazer um modelo de início aos jogos muito parecido com o modelo tradicionalmente utilizado após férias dos atletas”, completou.

O último jogo do Coritiba foi no dia 15 de março, quando venceu o Athletico por 4×0. Depois disso, as atividades foram interrompidas e em abril os jogadores ganharam férias, retornando apenas no começo de maio.

+ Mais do Coxa:

+ Empresário de Yan Couto cobra “bolada” milionária do Coritiba
+ Jorginho relembra acesso e cita derrota como “jogo mais importante”
+ Wilson encanta até rivais como “pai de menina” na pandemia


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?