O lateral-direito Diogo Mateus ainda não sabe se ficará no Coritiba em 2020. Um dos destaques do time na conquista do acesso na Série B, o jogador chegou ao Coxa para a disputa da segunda divisão, mas o contrato de empréstimo acabou e ele, em um primeiro momento, retorna à Ferroviária-SP, clube ao qual tem vínculo.

“Ainda não sei qual vai ser o meu futuro. Agora é o momento de orar bastante para que Deus possa me abençoar como ele sempre fez ao longo da minha vida, e, claro, curtir as férias com a minha família. Mas quero agradecer a todos os funcionários, jogadores e diretoria do Coritiba pela oportunidade que tive esse ano e pelo convívio que foi excelente. Deixo agora nas mãos dos meus empresários para tratarem do meu futuro”, disse o atleta.

Diogo Mateus disputou 29 jogos na Série B, sendo 27 deles como titular, incluindo o confronto do acesso, no 2×1 sobre o Vitória, na última rodada.

“Foi uma sensação muito especial. Um sonho realizado e um sentimento de dever cumprido. É uma honra muito grande para mim ter feito parte dessa história. O Coritiba merece muito estar na Série A pela grandeza que tem”, acrescentou.

Esse foi o segundo acesso do lateral-direito na carreira. Em 2015 ele havia subido com o Vitória e evitou fazer comparações entre as duas campanhas, mas ressaltou como algo marcante em 2019 os jogos no Couto Pereira lotado.

“Fui muito feliz no Vitória em 2015, mas meu foco é aproveitar e curtir essa conquista. É extremamente especial vestir a camisa do Coritiba e poder fazer parte de todos aqueles momentos no Couto Pereira, com o estádio sempre lotado, torcida batendo recordes e fazendo muita festa. Foi um ano de muita cobrança e expectativa, mas graças ao trabalho de todos, os objetivos foram conquistados”, completou o jogador.

+ Mais do Coxa:

+ Coritiba deve renovar com Jorginho essa semana
+ Coritiba tem reunião decisiva sobre futuro de Giovanni