enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Coincidências!

Coritiba chega na final em situação parecida com a de 2018

Em 2018, o Alviverde venceu a primeira metade do Estadual em cima do Rio Branco

  • Por Juliana Fontes
Em 2018, Coxa levou a Taça Dionísio Filho. Foto: Jonathan Campos.

O Coritiba enfrenta o Toledo neste domingo (24), pela final da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense, em um jogo que muito se assemelha à final da primeira fase do ano passado. Em 2018, o Alviverde venceu a primeira metade do Estadual em cima do Rio Branco e agora, um ano depois, encara novamente outro time de fora da capital que chegou desacreditado à decisão entre os favoritos.

No ano passado, o Rio Branco disputou a final da Taça Dionísio Filho depois de bater um dos concorrentes ao título, o Athletico, nos pênaltis. Neste ano, o Porco eliminou o Operário, um dos favoritos, também nas penalidades. Ainda que tenham os méritos de terem chegado à final da metade inicial da competição, o Leão do Litoral, assim como o Toledo, começaram a temporada cotados como candidatos ao rebaixamento na competição. Porém, com resultados importantes, se credenciaram à decisão.

+ Leia mais: Louzer deve ser confirmado nas próximas horas

Na ocasião, o Leão da Estradinha não conseguiu segurar o Coxa, que no dia 25 de fevereiro celebrou a conquista no Alto da Glória, vencendo por 3×0. Quase exatamente um ano depois – com um dia apenas de diferença – e também em casa, o Coritiba encara outro adversário de fora da capital na definição do primeiro turno.

E para estar nesta final, o Coritiba, assim como os adversários, repetiu o caminho. Em 2018, foi na cobrança de penalidades que a equipe deixou o Foz para trás na semifinal. Neste ano, precisou contar com a competência de Wilson para também nos pênaltis bater, desta vez, o FC Cascavel. As duas equipes são do Oeste do Estado.

+ Confira também: Adversário do Coritiba, Toledo sonha com o título e calendário completo

Apesar das muitas coincidências que relacionam as duas campanhas do Verdão, em relação ao elenco e comissão técnica, em quase nada o time de 2018 lembra o atual. Então comandado pelo técnico Sandro Forner, a expectativa era de que o professor tivesse vida longa no Coritiba, mas o técnico foi demitido em abril, após uma série de resultados negativos. Agora, o time tem à sua frente o interino Matheus Costa e aguarda definição de quem deve ser o treinador oficial para o restante da temporada.

Dos atletas do elenco do ano passado apenas o goleiro Wilson, o volante Vitor Carvalho e o atacante Iago Dias seguem no grupo. Iago, que levantou a taça há um ano, quer repetir o resultado positivo e acredita que em termos de comparação, o grupo atual pode render mais na sequência do ano. O Coritiba tem seu grande desafio da temporada na Série B do Campeonato Brasileiro, já que busca o almejado acesso à elite.

+ Confira a classificação completa do Campeonato Paranaense

“Este ano o time vem jogando melhor. Não costumo comparar os elencos, muita coisa mudou. Mas nesse começo, vejo que a equipe está comprometida. A gente precisa reparar os erros, estamos errando em coisas bobas. Se acertamos esses pequenos erros temos tudo para fazer um grande jogo”, explicou o jogador, que sabe que será necessário buscar a superação frente ao Porco. “Respeitamos o Toledo, eles vêm fazendo uma grande campanha e merecem estar na final. Temos que pensar em ganhar. Se acontecer algum desastre, temos que pensar depois. Estamos pensando em fazer um grande jogo e sair com o resultado positivo”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

8 Comentários em "Coritiba chega na final em situação parecida com a de 2018"


Domingos Jorge Velho
Domingos Jorge Velho
27 dias 14 horas atrás

É só repetir a estratégia do jogo passado, retranca total, jogando por uma bola que o resultado pode ser feliz. Não vão tentar partir para cima, como contra o URV que não tem cacife para isso.

Fura Cão
Fura Cão
27 dias 17 horas atrás

Estranho, naquela infinidade de maquetes dos coxotas nunca vi a versão piscinão. Uma inovação de última hora ? Kkkkk. Viram as fotos ? Os estrume devem todos estar nadando lá agora.

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
27 dias 16 horas atrás

O Poodles que se assume e usa o cão até no nick, deveria se informar um pouco antes de defecar pelo focinho. O estádio que alagou é do Paraná, viu as fotos? Já o estrume é no estádio do final da mesma rua. Mas acho que não adianta te explicar, pelo seu comentário vc não vai entender mesmo

Fura Cão
Fura Cão
27 dias 15 horas atrás

Tá certo. Quando estou errado admito. Estava meio dormindo e postei com base apenas em uma informação. Mas a ideia é boa. Aproveitem na próxima maquete.

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
27 dias 17 horas atrás

Irmãos de camisa, enquanto tivermos um comunista playboy aventureiro incompetente como presidente não vamos a lugar algum. Temos mais um ano e nove meses de humilhação pela frente, e pode piorar ainda.

BRASIL ACIMA DE TUDO
BRASIL ACIMA DE TUDO
27 dias 18 horas atrás

É TRISTE NOVAMENTE TERMOS QUE VER DECLARAÇÕES COMO : “…estamos errando em coisas bobas. Se acertamos esses pequenos erros temos tudo para fazer um grande jogo.”. PASSAMOS O ANO PASSADO INTEIRO ESCUTANDO ESSE TI DE CO E DEU NO QUE DEU. HÁ ALGUM TORCEDOR QUE ACREDITE QUE TEREMOS UM ANO DIFERENTE?

fernando. fernando
fernando. fernando
27 dias 15 horas atrás

Pode ser diferente sim….Pode piorar…cair para a C

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
27 dias 17 horas atrás

Não mesmo

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas