O Corinthians espera confirmar o mais rápido possível o retorno do técnico Tite. O anúncio oficial pode até acontecer nesta segunda-feira se as últimas pendências contratuais forem resolvidas. As negociações começaram há uma semana e já houve reuniões entre o empresário do treinador, Gilmar Veloz, e dirigentes do clube paulista.

Na semana passada, Tite participou de um seminário de treinadores no Rio de Janeiro e depois voltou ao Rio Grande do Sul. No último sábado, o treinador marcou presença em partida beneficente em Nova Prata. A expectativa é que houvesse um encontro entre Tite e Veloz para dar a palavra final ao Corinthians.

Tite confirmou o interesse do Corinthians, mas voltou a criticar os valores salariais divulgados pela imprensa. Segundo ele, o aspecto financeiro não pesa. “Os números colocados são irreais, mentirosos, são situações pequenas. Não é dinheiro, é projeto”, disse o treinador.

Dirigentes do Corinthians garantiam que Tite havia acertado seu retorno para receber R$ 700 mil por mês. E é esse valor que o técnico diz que não é verdadeiro. A negociação deve chegar ao fim nesta semana, apesar do interesse do Internacional – o novo presidente Vitório Piffero queria contratar o técnico campeão mundial de 2012.

Tite, no entanto, já está apalavrado com o Corinthians. Faltavam definir detalhes de contrato e premiações em casos de título. A ideia era especificar bônus por Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Mundial de Clubes da Fifa.

Em 2015, o Corinthians jogará quatro competições: Campeonato Paulista, Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil (entra apenas na fase de oitavas de final). A estreia na temporada será no dia 1.º de fevereiro, pelo Paulistão, contra o Marília, no estádio Itaquerão, em São Paulo.

Na competição continental, o clube alvinegro terá de jogar a fase preliminar contra um time colombiano a ser definido. O jogo de ida, no dia 4 de fevereiro, será na capital paulista. A volta na Colômbia acontecerá uma semana depois. Caso se classifique, o time irá para o Grupo 2 junto com o rival São Paulo, o atual campeão San Lorenzo, da Argentina, e o Danubio, do Uruguai.

Antes dos jogos oficiais, o Corinthians terá uma pré-temporada cheia. A reapresentação dos jogadores será em 7 de janeiro e dois dias depois o elenco viajará para Fort Lauderdale, no estado da Flórida, nos Estados Unidos, onde fará um período de 10 dias de treinamentos. Neste intervalo, jogará duas vezes contra equipes da Alemanha – dia 15 contra o Bayer Leverkusen e, dois dias depois, contra o Colônia.

Na volta ao Brasil, mais treinos e um possível amistoso contra o Corinthian Casuals, clube inglês que inspirou os fundadores do clube, em 1910, a dar o nome do time. O jogo aconteceria no dia 25 de janeiro, no estádio Itaquerão.