O brasileiro Thomaz Bellucci se garantiu nas quartas de final do Torneio de Auckland, em jogo encerrado na noite da última terça-feira, ao vencer o espanhol Tommy Robredo por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/1, em 1h48min.

Cabeça de chave número 7 do ATP neozelandês, o tenista número 1 do Brasil e 31.º do mundo agora se prepara para encarar o colombiano Santiago Giraldo, que nesta quarta bateu o espanhol Albert Montañes por 2 a 1, com 6/3, 4/6 e 6/4.

“Fiz mais um bom jogo hoje (terça-feira), com consciência tática e solidez. Estou confiante e pegando mais ritmo. Muito motivado para amanhã (quarta)”, postou Bellucci no seu Twitter logo depois da vitória sobre Robredo.

A atuação de Bellucci foi elogiada por Larri Passos, técnico do brasileiro. “A solidez do Thomaz fez a diferença. No terceiro set, ele ajustou o seu posicionamento, ganhou a quadra e foi bastante agressivo, além do que está feliz e motivado”, destacou o ex-treinador de Gustavo Kuerten.

Com o triunfo sobre Robredo, Bellucci comemorou o fato de ter conseguido dar o troco no espanhol, atual 51.º do mundo, que bateu o brasileiro na final do Brasil Open de 2009, na Costa do Sauipe, também por 2 sets a 1, no outro único duelo disputado entre os dois tenistas no circuito profissional.

Diante de Robredo, Bellucci iniciou bem o confronto, quebrando o saque do rival logo no primeiro game. E, ao confirmar os seus serviços em seguida, liquidou o primeiro set em 6/4. Na parcial seguinte, porém, o espanhol devolveu a quebra no quarto game, abrindo 3 a 1 e administrando a vantagem para igualar o duelo com um 6/3.

Já no terceiro set, o tenista brasileiro obteve duas quebras de serviço, no quarto e no sexto game, para abrir 5 a 1 e depois sacar para definir a vitória, após ainda salvar dois break-points.

OUTROS JOGOS – Em outros duelos encerrados nesta quarta em Auckland, o argentino David Nalbandian, cabeça de chave número 6, venceu o alemão Philipp Petzschner por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/2, e também avançou às quartas de final. Agora, ele terá pela frente o norte-americano John Isner, pré-classificado como terceiro maior favorito, que superou o holandês Robin Haase por 2 sets a 1, com 3/6, 7/6 e 7/5.

Já o francês Adrian Mannarino segue surpreendendo. Após bater o argentino Juan Monaco, quinto cabeça de chave, na estreia, ele desta vez despachou o seu compatriota Arnaud Clement por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/4. Com isso, o tenista que precisou jogar o qualifying em Auckland irá medir forças nas quartas de final com espanhol Nicolas Almagro, cabeça de chave número 2.