Antes de voltar suas atenções para a decisão da Copa do Brasil, o Athletico tem pela frente o Santos, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida acontecerá neste domingo (08), às 16h na Vila Belmiro. A tendência é que o Furacão vá a campo com um time muito alternativo. No Brasileirão, o Rubro-Negro está na nona colocação com 25 pontos. Nesta sexta-feira (06), o time realizou no CT do Caju, o penúltimo treinamento antes da partida. Nos 15 minutos de aquecimento, em que a presença da imprensa foi permitida, Jonathan, Marco Ruben e Marcelo Cirino não subiram para as atividades. Cerca de 13 atletas serão poupados e não seguirão para o compromisso no litoral paulista.

+ Viu essa? Classificação do Athletico na Copa do Brasil teve recorde de audiência

Vindo de uma vitória expressiva em cima do Grêmio, na última quarta-feira (04), em que no tempo regulamentar fez 2×0, e nos pênaltis garantiu a vaga para a final, o elenco atleticano ‘respira’ o clima de uma grande final. Por isso, o técnico Tiago Nunes deve ir a campo com uma equipe composta por muitos reservas. O adversário vem muito bem na competição e deve aproveitar a estratégia do Athletico para dar o máximo em campo e seguir na briga pela liderança. O Santos é o vice-líder da competição, com 36 pontos, o mesmo que o Flamengo, em primeiro. O Peixe só perde para o time carioca no saldo de gols.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

Desde a meta até o ataque, o comandante atleticano deve optar por uma formação bastante diferente, com muitos jogadores do banco de reservas. O zagueiro Léo Pereira que não atuou diante do Grêmio na última quarta-feira, nem na partida contra o Ceará, cumprindo suspensão automática, pode ser acionado para retomar o ritmo de jogo. Entretanto, existe também uma grande possibilidade de Lucas Halter formar a dupla de zaga com Pedro Henrique.

Na lateral-esquerda, Adriano, também de fora do confronto com o tricolor gaúcho porque não está inscrito na competição, deve jogar. Na lateral direita, Madson deve voltar ao time. O volante Wellington, que possivelmente também seria poupado, cumpre suspensão automática e faz parte do grupo que não seguirá viagem. O Athletico deve encarar o Santos com: Léo; Madson, Pedro Henrique, Lucas Halter (Léo Pereira) e Adriano; Matheus Rossetto, Erick e Everton Felipe (Tomás Andrade); Braian Romero, Vitinho e Thonny Anderson.