O Athletico deverá ter um gringo no banco de reservas no ano que vem. Mas, ao contrário de apostas mais inusitadas, como Lothar Matthäus e Miguel Ángel Portugal, o Furacão estuda trazer um treinador argentino, com rodagem em clubes de porte no país e que tenham um estilo de trabalho adequado ao que se faz por aqui. Os três mais cotados são Sebastian Beccacece, Matias Almeyda e Gabriel Heinze – os dois últimos com histórico como atletas na seleção local. Além deles, o uruguaio Paulo Pezzolano também interessa.

+ Baixe e ouça o podcast De Letra especial sobre rádio!

A busca é efetiva. Nesta semana, o diretor de futebol Paulo André foi para a Argentina. Ele tinha compromissos em Curitiba na quarta-feira, mas acabou cancelando por conta de “uma viagem de última hora”, como informado pelos organizadores de um congresso sobre direito desportivo organizado pela seção paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil.

Os nomes

Atualmente no Vélez Sarsfield, Gabriel Heinze iniciou conversas com Paulo André nesta semana, segundo o site Goal. Procurado, o técnico não respondeu à reportagem. O ex-zagueiro de 41 anos (que jogou Copa do Mundo e defendeu o Manchester United) também é pretendido pelo Racing, que perderá Eduardo Coudet ao final do ano para o Internacional. Heinze está há três temporadas no Vélez.

+ Leia mais: No Brasileirão, Furacão tem números de G4 em todos os aspectos

Matías Almeyda, outro na mira do Furacão. Foto: Divulgação/San Jose Earthquakes
Matías Almeyda, outro na mira do Furacão. Foto: Divulgação/San Jose Earthquakes

Matias Almeyda é mais um nome que surge como opção. O problema é que o ex-volante de 45 anos (com uma história vitoriosa no River Plate) tem contrato de mais três anos com o San Jose Earthquakes, clube que disputa a Major League Soccer, principal torneio de futebol dos Estados Unidos. O Santos também surge como concorrente, já que Jorge Sampaoli deve deixar o Peixe.

Almeyda não quis comentar se foi procurado pela diretoria do Furacão. Porém, o treinador revelou que “gostaria muito de trabalhar no Brasil”. Ele também elogiou o Furacão em contato com o repórter Daniel Malucelli, da Gazeta do Povo: “O Athletico é uma bela equipe”, comentou o gringo.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Já Beccacece e Pezzolano foram procurados há duas semanas. Beccacece, 38 anos, foi auxiliar-técnico de Jorge Sampaoli na seleção argentina na Copa do Mundo de 2018 e levou o Defensa y Justicia para a Copa Libertadores de 2020.

Já Pezzolano teve uma rápida e apagada passagem como jogador pelo Athletico, em 2006. Ele tem apenas 36 anos e comanda o Liverpool, do Uruguai, equipe conhecida por apostar com força nas categorias de base. Seu nome ainda segue como mais cotado para comandar o time alternativo no Campeonato Paranaense.

Mais do Furacão

+ Athletico está entre os clubes que mais revelou jogadores pra seleção que deve jogar a Copa 2022
+ Time campeão da Sul-Americana será ‘desmanchado’ de vez em 2020
+ Veja o salário que o Flamengo ofereceu e Bruno Guimarães recusou