Conhecido como “Fofão”, Wellington Turman, 21 anos, entrou nas artes marciais com um objetivo: perder peso. Mas, pouco tempo depois, o jovem curitibano se apaixonou pelo MMA e quando viu já estava lutando profissionalmente. Com isso, o sonho mudou. “Eu sempre vejo o UFC na televisão e quero muito entrar na organização em breve. Estou com 12 vitórias e duas derrotas. É um cartel bem bom, pois ganhei de caras experientes. Tenho certeza que logo estarei realizando o meu sonho”, disse o atleta da Gile Ribeiro/Noguchi.

Leia mais: Jiu-jitsu ou luta livre? Rivalidade estará em jogo no Imortal FC

Neste sábado (11), em São José dos Pinhais, Turman quer dar mais um passo rumo ao Ultimate. O curitibano enfrenta o baiano Rodrigo Urso, pelo Imortal FC. “É uma luta bem importante, já que a minha estreia na categoria dos médios. Anteriormente, eu lutava entre os meio-médios e era bem complicado para reduzir o peso. Mas estou bem preparado. Realizei a minha preparação técnica na Gile Ribeiro e Noguchi, a física na Trinus e a psicológica com o coach Alex Fernandes, da AF Treinamento. Então, eu tenho certeza que vou dar mais um show no sábado”, frisou.

De acordo com o preparador físico Luis Unzueta, a mudança de categoria do atleta ajudou em sua preparação. “Ele está mais forte, com mais gás e muito melhor agora do que no peso anterior. Trabalhamos três treinos por semana, com força, agilidade e potência. Tudo que é exigido em um duelo de MMA”, declarou o treinador.

Leia mais: Maior rivalidade do MMA curitibano no Imortal FC

Para o coach Alex Fernandes, que tem trabalhado a parte psicológica de Turman, o curitibano está “Ele está extremamente preparado. Foi identificado que o atleta demorava um tempo para entrar ligado em suas lutas. No último duelo, nós aprimoramos o trabalho mental e ele acabou o combate em um minuto. Desta vez não vai ser diferente”, frisou.

O Imortal FC acontece neste sábado (11), a partir das 19h, no Ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais.

Veja a última luta de Wellington Turman: