O cabeleireiro e usuário de crack Rodrigo Luiz Vieira, conhecido como “Chupeta”, 27 anos, foi assassinado no quintal de casa, na madrugada de segunda-feira. O crime foi na Rua João Chorosnicki, Jardim Monalisa, em Araucária. Para a polícia, o homicídio teria sido obra do traficante para o qual a vítima devia dinheiro.

Na tarde anterior, a mãe flagrou Rodrigo fumando crack e perguntou quando ele iria parar com aquilo. Rodrigo respondeu: “Só vou parar quando morrer”. Em torno das 3h de segunda-feira, foi executado com cinco tiros de calibre 38 que no peito, pescoço e cabeça.

O delegado Rubens Recalcatti acredita que o traficante da região tenha matado o rapaz. No entanto, não descarta a briga de bar, em que Rodrigo se envolveu no domingo à tarde.