Quando retornava do trabalho, no início da manhã de ontem, um homem deparou, em seu trajeto, com uma poça de sangue na Estrada do Rio Abaixo, localidade de Lavrinha, zona rural de Rio Branco do Sul. Intrigado, ele seguiu o rastro e avistou, caído num barranco, o corpo de um indivíduo. Continuou o caminho até a sua casa e acionou a polícia.

A vítima foi morta a facadas. Pelo menos três perfurações (braço esquerdo, barriga e costas) foram encontradas pela perita da Polícia Científica. O assassino ou assassinos golpearam o homem na estrada e o carregaram até o barranco onde foi empurrado. De acordo com o policial Moacir, da delegacia local, o corpo rolou cerca de 10m e parou apenas quando bateu em um tronco de árvore.

Nenhum documento capaz de identificar a vítima foi encontrado junto ao corpo. Quando foi morto, o homem de aproximadamente 1,70 m, 79 quilos, olhos e cabelos castanhos-escuros, trajava camisa cinza, calça jeans e sapatos pretos. A polícia acredita tratar-se de um morador de outra localidade, talvez um andarilho. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal em Curitiba.

A partir de hoje inicia-se a fase de coleta de depoimentos na delegacia de Rio Branco do Sul, que investiga o caso.