A Polícia Federal por meio da Operação Sentinela aprendeu nesta terça-feira quatro veículos, grande quantidade de cigarros, pneus, equipamentos de informática, produtos eletrônicos, roupas e Brinquedos. Dois brasileiros foram presos acusados de cometerem o crime de contrabando na cidade de Foz do Iguaçu.

Na madrugada de hoje, policiais da Força Samurai tentaram abordar um veículo com placas de São Paulo, desconfiados de que o mesmo transportava mercadorias contrabandeadas. O motorista do veículo tentou empreender fuga, ferindo um motociclista. Quando finalmente foi interceptado pela equipe de policiais verificou-se que o mesmo transportava cerca de 30 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, motivo pelo qual foi dada voz de prisão em flagrante, uma vez que o mesmo confessou que transportaria os cigarros até a cidade de Matelândia/PR.

Ainda na madrugada de hoje, Policiais Integrantes da Operação Sentinela receberam uma denúncia anônima informando que uma residência no Parque Presidente, em Foz do Iguaçu, estaria sendo utilizada como depósito de mercadorias contrabandeadas. Chegando ao local os policiais verificaram a existência de três veículos no interior da referida residência e solicitaram ao proprietário do imóvel que franqueasse a entrada deles, o que foi feito. Durante a vistoria encontraram 60 fardos contendo material de informática, produtos eletrônicos, roupas e brinquedos contrabandeados do Paraguai, nos três veículos e no interior da casa.

Diante da situação foi dada voz de prisão em flagrante ao proprietário da residência. No final da madrugada, num galpão localizado no Jardim Jupira, em Foz do Iguaçu, foram encontradas várias caixas de cigarros e pneus, todos contrabandeados do Paraguai. Ninguém foi encontrado no local.

Os materiais apreendidos nas três ocorrências juntamente com os veículos e os dois presos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu para os procedimentos legais.