Coberto por uma bandeira do Brasil. Assim estava o corpo de Egon Machado Santana, 22 anos, baleado quando saía do trabalho, em uma recapadora de pneus em São José dos Pinhais, no início da noite de sexta-feira (14). Segundo testemunhas relataram à polícia, uma briga por causa de mulher teria motivado o assassinato. O suspeito do crime é foragido em outro Estado.

Egon trabalhava há pouco mais de um mês na empresa, que fica na rua Silvio Pinto Ribeiro, no bairro Quississana. Quando terminou o expediente, perto das 19h, dois homens esperavam por ele. Foi atingido com um tiro no pescoço e outro na cabeça, não resistiu e morreu no local.

Familiares disseram não saber a causa do assassinato, mas, de acordo com informações da Delegacia de São José dos Pinhais, o suspeito é um foragido da polícia em Santa Catarina e o motivo seria uma mulher.