Anderson Tozato
Acidente foi em Almirante Tamandaré, na PR-418.

O ditado popular "atrás de uma bola vem sempre uma criança" fez-se valer no final da tarde de ontem, na PR-418, quilômetro 19, a aproximadamente três quilômetros da Rodovia dos Minérios, em Almirante Tamandaré. Cleverton Lourenço de Souza, 15 anos, voltava de uma partida de futebol, andando pelo acostamento da rodovia e batendo bola com os amigos, quando um veículo passou e o atropelou. Segundo testemunhas relataram aos policiais rodoviários estaduais, o carro atropelador seria um Logus prateado. Um veículo com características semelhantes, com a placa BET-3303, foi encontrado tombado e abandonado no barranco, em frente ao barracão de uma empresa, a aproximadamente um quilômetro e meio do local do atropelamento. O carro foi recolhido ao pátio da Polícia Rodoviária Estadual e os policiais ainda estão averiguando se este é realmente o veículo causador do atropelamento.

O condutor do Logus se evadiu do local. Segundo a polícia, a possibilidade é de que o motorista tenha perdido o controle da direção na curva, e adentrado o barranco. O pára-brisa ficou danificado e é provável que o ocupante tenha se machucado. Os hospitais da região foram colocados em alerta, para avisar a polícia caso chegasse algum ferido em acidente.

Rosilene Graciano, amiga da família e mãe de um amigo de Cleverton, conta que o garoto era acostumado a andar pela rodovia desde pequeno. Ele diariamente seguia a pé pela estrada para ir à escola, ao jogo de futebol, ao banho de rio com os amigos e outras atividades. Há anos ele jogava futebol e quase entrou para o time júnior de uma escolinha local, a Brasitália. Só não foi admitido no time por causa de sua baixa estatura. Mesmo assim, continuava jogando. Seus amigos, que presenciaram o atropelamento, foram retirados do local por familiares porque estavam muito abalados.

Caminhão esmaga criança

Os irmãos Eduardo Douglas Vicente, 12 anos, e Elton Ezequiel Vicente, 17, foram parar embaixo do rodado da carreta Scania 113 placa ADU-8565, às 21h30 de terça-feira. Os dois estavam na motocicleta Titan placa AKS-9693 e trafegavam pela Avenida Rui Barbosa, em direção à BR-376, em São José dos Pinhais. Eduardo morreu no local e seu irmão foi levado em estado grave ao hospital local, onde permanecia internado até a tarde de ontem.

Os dois veículos iam no mesmo sentido, um em cada pista. O caminhão foi fazer uma conversão e a moto acabou se chocando com o veículo indo parar embaixo da carreta. O rodado do Scania esmagou Eduardo junto com a moto. O motorista do caminhão foi levado à delegacia de São José dos Pinhais.