Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), sob comando do delegado Hamilton da Paz, realizavam diligências na Rua Conselheiro Laurindo, próximo ao terminal do Guadalupe, quando receberam informação de que um foragido da Justiça e suspeito de vários assaltos na região central de Curitiba estaria próximo à Fundação de Ação Social (FAS).

Diante dos fatos e em posse das características físicas do indivíduo, os investigadores obtiveram êxito em abordar o suspeito que se identificou com um suposto nome que não constava no cadastro da Polícia Civil.

Como pairavam dúvidas sobre sua verdadeira identidade e o mesmo não estava identificado civilmente, foi conduzido para delegacia, onde numa busca minuciosa nos sistemas da Polícia Civil, constatou-se a priori que se tratava de Luan Tavares dos Santos, 22 anos, com passagem pela polícia e com mandado de prisão em seu desfavor pela prática do crime de Roubo.

Em continuidade nas investigações, foi descoberto pelos Policiais Civis uma certidão de nascimento com o verdadeiro nome do suspeito, sendo qualificado como: Luan Tavares dos Santos Juvino.

O mesmo encontra-se recolhido na carceragem da DFR à disposição da Justiça e caso existam pessoas que o reconheçam como autor de algum delito, devem se encaminhar até a especializada para os procedimentos cabíveis.