Júlio César: dois tiros nas costas.

A mãe de Júlio César Barros, 19 anos, previa que ele morreria assassinado, mas não achava que seria tão cedo. O rapaz foi morto com dois tiros nas costas, na Rua Rui Barbosa, Jardim Iracema, em Almirante Tamandaré, às 21h de sexta-feira. Ele morava na mesma rua, junto com a mulher, a mãe e outros irmãos, e estaria correndo de volta para casa, quando caiu, sem vida, sobre o asfalto. Luciana Maria Barros acredita que o crime possa ter sido motivado por vingança, devido ao passado do filho.

Júlio estava com outras pessoas, mas nenhuma delas foi encontrada pelo sargento Brito e soldado Élcio, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, para prestar esclarecimentos. “Sabemos apenas que ele estava próximo a um matagal, com outros jovens”, comentou o sargento. Não se tem conhecimento de alguma discussão que possa ter iniciado a confusão. Ninguém disse mais nada, uns alegando que o frio os confinara em casa.

No Jardim Iracema, as pessoas não movem os lábios para delatar ou denunciar com medo da morte. “Aqui ninguém fala, porque pode ser morto, ou pior, eles se vingam na família. Mesmo que meu filho tivesse sido baleado na minha frente, eu não falaria o nome do assassino. Temo pelo meus outros cinco filhos”, desabafou Luciana. Ela relatou que chegou em casa depois de mais um dia de trabalho como doméstica e encontrou o filho jantando. Depois, segundo a mulher, ele foi tratar da cachorra e saiu de casa, sem que ninguém o fosse chamar.

Antecedentes

A prisão não era desconhecida para Júlio. Ele já havia sido pego pela polícia por roubos e furtos. “Alguém se vingou”, disse Luciana. Segundo ela, o filho estava “calmo” nos últimos dias e tinha trabalhado com um tio, durante alguns dias, como carregador em mudanças. “Ele tinha conseguido comprar tênis novo e algumas roupas com dinheiro honesto”, lembrou a mãe, sem esquecer que o filho tinha um passado de crimes. O caso será investigado pela delegacia da cidade, mas se as informações dadas por Luciana estiverem corretas, apenas denúncias anônimas poderão dar algumas pista sobre o assassino.