Numa rápida ação cinco indivíduos fortemente armados conseguiram arrebatar um preso da delegacia de Matinhos, litoral do Estado, no final da tarde de sábado. O policial de plantão e mais um funcionário foram dominados e recolhidos no solário da carceragem. Outros cinco detidos também empreenderam fuga, aproveitando-se da situação. Até o final da tarde de ontem nenhum dos fugitivos havia sido recapturado.

Por volta das 18h20 o investigador Ronaldo foi surpreendido por cinco indivíduos armados. O grupo já trazia como refém o cozinheiro José Gildo, que também presta serviços na delegacia. Sob a mira de revólveres os dois foram obrigados a deitar no chão. Na seqüência, os indivíduos pegaram uma carabina da delegacia e arrebentaram os cadeados da carceragem. A intenção era resgatar Fábio Lima da Silva, preso por tráfico de drogas.

Policial e cozinheiro foram levados até o solário e trancados. Os invasores e Fábio evadiram-se. Segundo vizinhos, o bando fugiu usando um Santana de cor escura.

Aproveitando que a carceragem ficou escancarada, outros cinco presos também ganharam as ruas. São eles: Valdinei dos Santos, Marco Antônio Pereira de Souza, Felipe Tiago Brixei, Celso Ricardo Neves das Chagas e William Veiga Gritlet.