Um encontro de cadáver, por volta de meio-dia de ontem, em uma localidade rural, na Estrada do Cerne, em Campo Largo, comprovou a falta de estrutura do Instituto Médico-Legal. Até por volta de 19h, a única viatura disponível não havia voltado para Curitiba e três corpos, de morte natural, aguardavam recolhimento.

Segundo informações, o local era de difícil acesso e veículo, em péssimo estado de conservação, ficou atolado no meio do caminho. Os funcionários tiveram que andar mais de quatro quilômetros para conseguir socorro.