Na tentativa de defender a namorada de um traficante, Marcos José da Silva, 36 anos, foi assassinado a facadas, no segundo andar de um sobrado, na Rua Léa Moreira Souza Moura, Vila Nossa Senhora da Luz, Cidade Industrial, durante a madrugada desta sexta-feira (23). Depois de ser perfurado pela lâmina, Marquinho se jogou da janela para fugir do assassino, mas morreu logo após a queda.

Segundo a polícia, o traficante Leandro Servino Garcia, 30, foi à residência onde Marquinhos morava com a namorada para cobrar uma dívida de drogas. Como o usuário respondeu que não tinha dinheiro, Leandro propôs que a namorada tivesse relações sexuais com ele. Em troca a dívida de entorpecentes seria quitada.  Mais uma vez, Marquinhos balançou a cabeça negativamente.

“Leandro insistiu agressivamente e a moça ficou assustada. Começou a gritar e atirar objetos na casa dos vizinhos pedindo socorro. Ele se irritou e desferiu as facadas em Marquinhos, que se jogou do segundo andar, numa tentativa inútil de se salvar”, descreveu o delegado Danilo Zarlenga, chefe da 3.ª Delegacia de Homicídios de Curitiba.

Moradores ouviram os gritos e chamaram a polícia. Com informações de testemunhas, os policiais conseguiram prender Leandro a poucas quadras do local do crime. Ele foi autuado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e transferido para a carceragem do 11.º Distrito Policial (CIC).