Policiais militares que patrulhavam o Sítio Cercado encontraram, por volta das 22h de quinta-feira, um cadáver no meio da Rua José Prussak. A vítima foi atingida por dois tiros na cabeça.

Peritos do Instituto de Criminalística recolheram estojos de uma pistola calibre 380. A vítima não portava documentos, aparentava ter 25 anos, tinha olhos claros e vestia touca preta, camisa preta, uma blusa de lã marrom e outra cinza, calça de agasalho azul e calçava tênis preto com vermelho.

Tatuagens

Ele tinha um sol tatuado na perna direita, uma aranha e três letras em japonês na perna esquerda, o nome “Sônia” tatuado no braço direito, um personagem de desenho animado no antebraço, e mais desenhos nas mãos. Tinha ainda cicatrizes no pescoço, na barriga, no pulso, peito e braço esquerdo.