De sexta-feira até a madrugada de sábado, pelo menos quatro pessoas baleadas e três agredidas foram levadas a hospitais. Uma delas é Tiago Ramos de Souza, 28, baleado por volta das 5h15 de sábado, em frente a uma boate na Avenida Marechal Floriano Peixoto, Boqueirão. Ele foi levado em estado grave pelo Siate ao Hospital Evangélico.

Segundo a Polícia Militar, três suspeitos foram encaminhados ao Ciac-Sul, onde policiais do 3.º Distrito Policial estavam de plantão. A polícia não revelou o nome dos detidos nem informações sobre o crime.

Na mesma avenida, no Hauer, Júnior Cesar Victor foi vítima de agressão, por volta das 5h30, no cruzamento com a Rua Waldemal Kost. Ele foi encaminhado em estado grave ao mesmo hospital. No começo da mesma madrugada, um homem, não identificado, de aproximadamente 30 anos, foi agredido e encaminhado ao Hospital do Trabalhador. Ele foi ferido na Rua Laranjeiras do Sul, Alto Boqueirão.

Pouco antes da meia-noite de sexta-feira, Thiago Martins Meyer, 27, foi baleado na Rua Rubens Doria de Oliveira, Sítio Cercado, e encaminhado em estado grave ao Hospital do Trabalhador. Às 14h30 de sexta, João Carlos Padilha Santos, 42, também foi vítima de tiros na Rua Professora Valdomira Zortea, Umbará, e está internado no mesmo hospital.

Assalto

Na tarde de sexta, um idoso, de 64 anos, foi baleado durante suposta tentativa de assalto na tarde de sexta-feira na Rua Luiz França, Cajuru. Segundo a Polícia Militar, a vítima trabalhava numa obra quando o atirador disparou nas pernas do idoso. Não se sabe se ele fugiu levando algo de valor.

No começo da madrugada de sexta-feira, Marcos Antônio Pereira de Andrade, 39, foi agredido na Rua Joaquim Celestino Ferreira, Jardim Esmeralda, em Campo Largo, e encaminhado com ferimentos de leves ao Hospital Nossa Senhora do Rocio. Menos de uma hora depois, Esvani Andreski Regmel, 34, foi baleada na Rua Silvia Gomes Mattos, Barreirinha, mas recusou atendimento do Siate.