Waldemar Alves e
Ronaldo Fernandes.

Dois homens acusados de participação em crimes de receptação de carro roubado e de roubo de camioneta – situações distintas e ocorridas na semana passada – foram apresentados na manhã de ontem na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Waldemar Ferreira Alves, 52 anos, foi detido pela posse do Voyage placa AAO-3340, que estava com alerta de roubo. O detido alegou que estava "dando umas voltas" para testar o carro, quando foi abordado pela polícia. "Eu estava experimentando, porque iria comprá-lo. É carro de garagem", afirmou. Waldemar disse não saber que o carro era roubado. De acordo com o superintendente Edson Costa, o indivíduo não foi reconhecido pela vítima como o autor do roubo e por isso foi autuado por receptação. Waldemar contou que já esteve 16 anos preso, cumprindo pena em Caxias do Sul (RS), por homicídio.

Outro

Ronaldo da Silva Fernandes, 25, foi preso em flagrante por policiais militares no feriado de 7 de setembro quando transitava com uma camioneta Toyota branca, que havia tomado de assalto. O superintendente informou que está sendo investigada a possível participação do indivíduo em outros roubos contra veículos. Ronaldo não quis falar nada em sua defesa.