enkontra.com
Fechar busca

Notícias

Vigilância Sanitária interdita medicamentos irregulares

  • Por Redação O Estado Do Paraná

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou hoje a dois medicamentos – um para o tratamento de úlcera e outro indicado contra náuseas. As resoluções nº 423, 382 e 435 determinam que os medicamentos sejam retirados das prateleiras de farmácias e drogarias, distribuidores e unidades de saúde por irregularidades detectadas na qualidade. 

No caso do soro Ringer com Lactato de Sódio, lote nº 157/02-0, do Laboratório J. P. Indústria Farmacêutica, de Ribeirão Preto, o laudo do Laboratório Central do Estado do Paraná revelou a presença de corpos estranhos no produto. Já a Ranidina, comprimido de 300 mg, lote nº 038602, da empresa Hipolabor, apresentou alteração de cor e odor forte, conforme análise do Laboratório Noel Nutels (RJ), e o Nausicalm B6, 50 mg, 1ml injetável, lote nº 109126, da indústria União Química, também está com alteração de cor, de acordo com o Instituto Adolfo Lutz. A Anvisa também determinou a apreensão dos medicamentos Resfetamol, lote nº 1913, do Laboratório Farmacêutico Caresse, e do antibiótico Ampicilina 250 mg/5ml, lote nº 0106372, fabricado pela Prodotti Laboratório Farmacêutico.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas