O superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Eduardo Requião, recebeu hoje em seu gabinete a visita do presidente da Alcoopar, Anísio Tormena, do vice-presidente da entidade Sidney Meneghetti e do diretor-presidente Sabarálcool Ricardo Rezende. O objetivo do encontro foi discutir as obras do terminal de álcool que está sendo construído em Paranaguá. Segundo a Appa, as obras seguem o cronograma. O término das obras está previsto para o final de outubro.

Os empresários do setor solicitaram ao Porto de Paranaguá um modelo de gestão baseado no sistema de ?pool? ? como acontece na exportação de grãos ? com agilidade e controle de qualidade dos produtos movimentados. A medida ajudará as usinas a cumprir novos contratos e os que já estão firmados com o Japão.

O superintendente lembrou que é preciso que se crie um compromisso por parte da empresa gerenciadora para que mantenha índices de qualidade dos produtos que serão exportados pelo terminal.

?Caso se concretize a parceria, a Appa exigirá também o máximo de qualificação dos funcionários que venham a trabalhar no complexo, seguindo normas internacionais de segurança?, afirmou Eduardo Requião. ?Eles devem ser integrados no Plano de Auxílio Mútuo (PAM) e no Plano de Emergência Individual (PEI), atuando também na área ambiental?.