Foi dada a largada nesta segunda-feira (07) para a Liga Petrobras de Handebol Masculino e Feminino, no Podium Sports, em São Paulo. Técnicos, atletas e dirigentes se reuniram para o lançamento oficial da competição. O início do torneio, que contará com nove equipes no feminino e 10 no masculino, será nesta quinta-feira (10) com seis jogos. Este ano a Liga terá a parceria do canal ESPN, que transmitirá os jogos às quintas e aos sábados.

O presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira, ressalta que a Liga Petrobras de Handebol é muito importante para o crescimento da modalidade, e afirma que a intenção é que aumente o número de clubes participantes a cada ano. ?A Liga de Handebol é de fundamental importância para o crescimento da modalidade. Nós temos consciência que temos que melhorar, mas todos os clubes estão contribuindo para o desenvolvimento do handebol. O nosso projeto para as próximas Ligas é de ampliar o número de equipes e fazer algumas mudanças, que serão discutidas com os técnicos. Este ano o nível da Liga está ótimo, pois temos grandes atletas, que estavam jogando fora do país e retornaram. É muito importante não deixar esses atletas irem embora, temos que fazer o possível para eles permanecerem aqui nos clubes.? Ele também aproveitou para fazer um apelo aos clubes femininos para repatriarem as atletas. ?Está na hora dos clubes repatriarem nossas atletas, hoje temos um grande número de jogadoras atuando fora do país, e será muito importante para o handebol nacional que elas retornem?. São 18 atletas atuando no exterior.

Este é o segundo ano que a Liga Nacional de Handebol leva o nome da Petrobras e Thiago Luz, que é consultor de Marketing da empresa, constatou o crescimento do retorno e salienta a importância desta parceria. ?Nossa parceria é um sucesso, estamos vendo o crescimento tanto no feminino quanto no masculino. Os nossos trabalhos realizados e os resultados obtidos são ótimos. Nós queremos continuar com essa parceria e cercar o handebol como um todo, dando apoio a tudo que for necessário através de patrocínio. Nós acreditamos muito nesta modalidade.?

Para Daniel Mielzynski, do departamento comercial da ESPN, responsável pela parceria com a CBHb, este tipo de programação da grade e essa parceria estão visando ao Pan-Americano de 2007. ?Essa parceria é muito importante já que estamos próximos do Pan-Americano e nós queremos divulgar o máximo de modalidades. A ESPN já fez a cobertura da Liga durante alguns anos, e agora estamos retornando. Tenho certeza de que será um sucesso,? comentou. Ele ainda ressaltou o novo trabalho que será realizado em parceria com a CBHB. ?Nós estamos firmando o projeto de um jornal eletrônico quinzenal em parceria com a Confederação. A previsão é que comece no final de agosto. Este programa irá acompanhar os atletas desde as categorias de base até o adulto. Nós queremos divulgar a modalidade e acompanhar tudo de perto.?

Participantes Feminino: Esporte Guarulhos (SP), Metodista / São Bernardo (SP), São Caetano (SP), SPFC / Fefisa / Santo André (SP), AEVV / PMV (ES), Cascavel / FAG / Alfa (PR), Adeblue (SC), Colégio Santa Catarina / Novo Hamburgo (RS) e Altero / Paquetá / SJRP (RS).

Masculino: Metodista / São Bernardo / Besni (SP), IMES / São Caetano (SP), EC Pinheiros (SP), Unifil Londrina / Sercontel (PR), CR Saldanha da Gama (RS), Unimed / UEM / Maringá (PR), FME Campos Wizard (RJ), AH Itajaí / Univali / Femepe (SC), Universo / Macaé / Sermede (RJ), G. Rio / Duque de Caxias / Fundec (RJ).